sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Duas Coisas A Dizer-vos

Desde que voltámos para a nossa terra, a vida tem levado os seus prós e os seus contras. (Mais contras do que prós, mas enfim...)

E eu, desde que voltei para a minha terra, baixei os braços.

Desleixei-me.

Fiz completo descaso de tudo o que sabia até aqui, na esperança de que já não precisasse de tantos e variados métodos para sobreviver até ao fim de cada mês.

Pois, FIZ MAL.

Uma das coisas que deixei de fazer, e que realmente comprovo que é de enorme importância numa vida organizada:
Resultado de imagem para listas









LISTAS!!!

Deixei (ingenuamente) de fazer listas: lista de compras, lista de pendentes, lista de coisas a fazer, lista de faltas em casa, etc, etc, etc. Deixei. E a vida não melhorou. As coisas parece que foram aos poucos saindo do meu controle, até que agora, admito, estão completamente caóticas... Não sei a quantas ando, nem a quantas devia andar... (ESTÁ MAL, POIS ESTÁ!!! EU SEI... )

Tenho de voltar a esse método.

As listas podem dar trabalho (que dão), mas são sem dúvida a melhor maneira de ver o que tenho para fazer, o que tenho de comprar, o que tenho de cozinhar. São a melhor ajuda para manter o dia-a-dia um pouco mais calmo e coordenado. (Nota mental: TENHO DE VOLTAR A FAZER LISTAS)

COMPRAS

Esta é a segunda coisa que vos quero dizer:

Desde que voltei para a terra, segui à risca a sugestão de comprar no Pão de Açúcar, por aparecer no comparador como o supermercado mais barato aqui na zona.

Mas sabem uma coisa?... Desde que uso o Boonzi (ou seja, desde Julho), faço escrupulosamente os apontamentos de TODAS AS COMPRAS. E sabem o que me diz o meu Grilo Falante?... Que uma média de 300€/mês em supermercado é demasiado!, e antes, quando comprava no Continente, usando de engenho e todos os descontos que podia, gastava em média 150€/mês!...

Portanto, pelo menos aqui na zona, o Pão de Açúcar não sai mais barato no fim do mês, no fim de todas as compras feitas e contabilizadas... (Nota mental: TENHO DE VOLTAR AO CONTINENTE, AOS CUPÕES E PROMOÇÕES!)

E pronto.

Tenho dito!

Cumprimentos, e obrigada por estarem desse lado a aturar-me!
Ariana

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Era Uma Vez o Meu Pucci...

Antes:




Agora a toda e qualquer hora :

video

Sugestões?...

Já toma: Selegilina, Cardisure, Karsivan, Aktivait, Fortekor, Óleo de Krill... Ordens da Vet. Diz que é Síndrome Vestibular Geriátrico... Mas eu sinto que tudo o que faço não chega...

terça-feira, 1 de novembro de 2016

"Onde Está a Ariana?..."

R: 


Debaixo de muitos problemas...

Não perguntem. Não vão ter mais pormenores. (Margarida: tu incluída, ok?...) 

Obrigada. Por todo o vosso cuidado.
Ariana

terça-feira, 23 de agosto de 2016

"Se Não Podes Vencê-los...

... junta-te a eles!..."

Já conheciam este ditado, não já?...

Estas palavras são as que melhor descrevem a minha relação com um estabelecimento muito comum em Portugal. Há um quase em cada esquina! Claro, só posso estar a falar dos...
Resultado de imagem para esplanada desenho










CAFÉS!...

Não se confundam: quando falo em IDAS AO CAFÉ, não estou a dizer daquelas idas de corrida, só para beber uma bica. Eu até nem gosto disso feito assim. Não, eu refiro-me a uma ida a uma boa esplanada, ter uma meia hora ou horinha inteira de dolce far niente, enquanto usufruo de um café e um bolo (sem farinha de trigo, claro!)...



... ou um ginger-ale fresquinho com rodela de limão..


Resultado de imagem para ginger-ale









... ou umas bolas de gelado...

Resultado de imagem para bolas de gelado







... ou uma coca-cola com gelo...
Resultado de imagem para coca-cola com gelo










... ou uma imperial fresquinha e uns tremoços...

Resultado de imagem para imperial com tremoços










... ou...

... ou...

Bem...

... acho que já chega, não?...  Já entenderam o meu ponto, de certeza!..

Este é um hábito que eu gosto imenso, mas que, por vias das necessidades, com o qual tenho uma luta danada há....

Xiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!  há taaaaaaantoooooo teeeempoooooo!... 

Encontrei um post em que refiro a necessidade de reduzir este hábito datado de 2014...

Ora bem, está na cara que não estou a conseguir deixar este velho hábito. Sou eu, e é a Descontos com os seus Pingos!...Também ela batalha com as idas ao café, pelo menos desde 2013, e não tanto por causa do café-bebida, mas por outras causas que também a Descontos aprecia...

Portanto, após ter experimentado tanta coisa, e tanta estratégia, e tanta "substituição" do ambiente-café-esplanada que gosto... cheguei à dura conclusão que esta é uma luta perdida. Não vale a pena andar a chorar os euros gastos numa coisa que eu até gosto tanto, e da qual não consigo manter-me afastada. E por isso, é neste ponto que entra o ditado popular acima.

Senti-me muito burrinha por ter gasto 50€/mês em idas ao café, mas não devo ignorar que foram gastos nos 2 meses em que tivemos as nossas férias. Sim, claro que eu acho que 50€ É MUITO DINHEIRO, mesmo para férias. Mas todos estes avanços e retrocessos tiveram o seu proveito, serviram para me abrir os olhos:

Eu nunca vou deixar de ir ao café... 

Está assumido.

Agora só tenho de usar muito bem o meu Boonzi, para me ajudar a orçamentar este hábito junto com o resto das nossas despesas, para não ter de andar a tirar de um lado para pôr noutro. 

E de facto, na minha opinião sincera, este programa é mesmo muito prático, já que, quando se inserem as transacções diárias, ele emite uma mensagem de aviso sobre quanto ainda dispomos para aquela categoria, ou até se já foi alcançado o limite orçamentado para aquele mês. Mas claro, é preciso dar-lhe ouvidos! 😉 De nada vale orçamentar 50€ para idas ao café, e depois, quando o Boonzi nos diz que já gastámos tudo, continuar a caminhar para o café com a esperança de algum milagre no fim do mês...😉

Agora, segredem-me lá aqui ao ouvido: E quantos de vós não gostam de uma ida destas ao café?... Não tenham vergonha, vá lá!.. Fica só entre nós, que ninguém nos ouve!...

Cumprimentos,
Ariana

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

O Meu "Grilo Falante"

Resultado de imagem para grilo falante











Cada vez que vejo o Pinóquio penso sempre a mesma coisa: mas como é que o miúdo é tão tótó a pontos de, uma vez após outra, não ouvir os conselhos do Grilo Falante e cair sempre em asneiradas??!...

Afinal, foi para isso que a Fada Madrinha lhe deu o Grilo Falante, CERTO?...

Para o ajudar a evitar sarilhos, CERTO?...

O Grilo até faz bem o seu papel, ele, coitado, bem tenta desviar o rapaz dos problemas, só que há um pequeno-pequenino-pequeniníssimo pormenor: era preciso que o miúdo lhe desse ouvidos!

Mas, como todos sabem (e se não sabem, deviam saber!, façam favor de ir ler/ver/ouvir a história do Pinóquio antes de continuarmos, que é de uma urgência extrema para a cultura de qualquer um!)  - o miúdo quer lá saber de conselhos! - e por isso, mete-se em todo o tipo de embrulhadas...

Pois bem, eu também conheço outra história que podia muito bem ser transformada em conto infantil e passada às gerações com uma moral muito parecida!...

Seria qualquer coisa como isto: (a ler com voz pausada e cantante, muito ao jeito das narrações da Disney)

Era uma vez, numa terra muito distante, vivia uma menina muito pobre, que gostava mesmo-mas-mesmo-muito de café... (não, não conheço ninguém assim...)
Mas como era muito pobre, tinha de andar sempre a contar os trocos, ou a tentar encontrar moedas perdidas no chão, para poder satisfazer o seu sonho mais-que-idílico: poder ir ao café sempre que lhe apetecesse!
Ora, como nem sempre conseguia tal milagre de dinheirinho extra, a menina acabava por dar preferência ao seu desejo por café, e gastava dinheiro que depois fazia falta para outras coisas!... (REPITO: NÃÃÃO conheço meeeeeesmo ninguém assim!... Isto é apenas uma H-I-S-T-Ó-R-I-A!...
Assim, a sua fada madrinha (que se chama Internet, só para que saibam!...) deu-lhe um tipo de "grilo", mas electrónico, a quem deu o nome de BOONZI...
Mas, mais uma vez, a cena repete-se no tempo: era preciso que a menina desse ouvidos ao seu grilo falante, se quisesse evitar as asneiradas!... Coisa que, como já devem estar a antever, ELA NÃO FEZ!!!  
E foi assim que descobriu, graças ao seu grilo falante, que só nos últimos 2 meses, tinha gasto em idas ao café, MAIS DE 50€/MÊS!!!!! 
Foi nesse momento, nesse segundo decisivo da história, e como por milagre,  que a Ariana sentiu crescerem-lhe..... umas orelhas de burro!...
Resultado de imagem para orelhas de burro desenho
Adicionar legenda










Pois.

A história repete-se.

Mesmo com um grilo falante tão moderno, intuitivo e fácil de usar, se não lhe der ouvidos, ele não faz milagres... 

(Mas faz muitas outras coisas, bastante práticas e úteis, das quais quero falar noutro dia. Ainda só tenho o meu "Grilo" há 3 meses, mas garantidamente, vou ficar com ele por perto, e tenho mesmo, mesmo!, de lhe dar mais ouvidos!...)

E vocês?... Já deram hipótese ao Boonzi de vos ajudar nas contas lá de casa?...

Cumprimentos,
Ariana

P.s.: escrevi este post porque experimentei o Boonzi por minha própria iniciativa, durante 3 meses, sem qualquer tipo de incentivo da marca para tal. Como realmente gostei muito da experiência, propus tornar-me afiliada do Boonzi, visto ser um produto com o qual me identifiquei e queria contar-vos a minha experiência com ele. Assim, se por algum motivo, algum de vós também gostar do Boonzi e o chegar a comprar através do link que me foi atribuído, a menina da história passa a ter mais uns troquinhos para o café. Mas mesmo que não comprem, experimentem a versão gratuita! Espero que gostem tanto do vosso Grilo Falante como eu gosto do meu!...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...